"Descobri que minha mãe foi prostituta. Não sei como lidar com a situação"

Posted: | por Felipe Voigt | Marcadores: ,
Querido Ogro,

Descobri que no passado minha mãe foi prostituta. Ela me contou, mas não contou os pormenores e não tenho coragem de lhe perguntar. Mas esta a me consumir por dentro, não sei como lidar com a situação. Me ajude, por favor!

Minha cara ou meu caro,

Pode parecer um problema. Mas não é. Sua mãe ter sido prostituta, puta, garota de programa, acompanhante ou qualquer outra nomenclatura não muda muita coisa no que ela sente em relação a você. Aliás: se mudar, muda para melhor. Já conto o porquê.

Conheço muitas mulheres que vivem disso ou viveram. Converso com elas e vejo o quão devastador é o efeito em suas vidas. Com sequelas quase permanentes. Perde-se a confiança no ser humano, em geral: nos homens pela forma como muitos tratam as meninas; nas mulheres por causa da falsidade e deslealdade que rola no meio. Não tem nada de vida fácil ou dinheiro fácil. Há trabalho naquilo. Trabalho e renuncia à uma série de coisas. Você não imagina a quantidade de coisas que uma prostituta renuncia para fazer o que faz. É uma renúncia diária e dolorida. Renúncia, renúncia e renúncia.

É muito confuso explicar assim se quem estiver lendo nunca tiver conversado com uma mulher que viva disso. Há quem desmereça. Há quem condene. Há quem procure. Há quem ame. Há quem odeie. Mas não há quem sofra por elas. Nem há quem conserte os sonhos quebrados, a honra rasgada, o orgulho rachado, o medo prevalecido. Ser uma prostituta é "viver" sob a sombra da desconfiança e do dedo alheio apontado.

Voltando: e como isso muda pra melhor sua relação com ela? Simples: o amor de uma puta é um amor real. Ainda mais pelo filho. Aí vira amor de mãe. Aliás, é o filho quem a segura nessa vida por mais anos do que ela planejara. É a forma que ela tem de sustentá-lo, de garantir que não aconteça com ele o que aconteceu a ela. Tenho uma amiga que vive de um Estado ao outro por conta disso. Aprendi muita coisa com ela sobre esse submundo. É das mulheres mais fascinantes que conheço.

O que pode fazer com sua mãe? Amá-la da mesma forma. O que ela fez não foi feio ou errado. Não a condene por ter cobrado por algo que muitas dão de graça. E mesmo as que dão de graça não estão erradas. Mas as que cobram estão certas. Eu cobraria.

Se ela te contou é porque quer que você saiba através dela e não de outras pessoas. E não entrou em detalhes porque não há detalhes a serem contados. Tudo o que precisava saber está aí. E basta. Não seja igual aqueles que ela tanto amaldiçoou no passado. Não será apenas mais um homem ou apenas mais uma mulher na vida dela: você é e será A pessoa pra ela. A única que importa, aquela que faz os outros serem apenas os outros. Enfim: a forma como uma mãe se sente em relação a um filho. Nada muda na relação apenas por ela ter tido uma profissão socialmente condenada.

É complicado pra gente imaginar que nossa mãe fez e faça sexo, né? Seja com um, seja com cem, seja com mil. Que diferença isso vai fazer, porra? Entenda que ela conheceu o pior do lado humano e teve esse lado pior esfregado na cara diversas vezes. Compreenda que não há nada de indigno no que ela fez, mas é muito mais complicado do que as outras profissões. Há quem prostitua o sexo, há quem prostitua o caráter. Qual a diferença?

Não pense muito nisso. Sua mãe foge diariamente do passado dela: não o traga à tona. Deixe-o lá, no seu lugar de direito. Ela FOI uma prostituta, mas hoje É sua mãe. É o que importa.

11 comentários:

  1. carol disse...
  2. Eita... o carinho de sempre nessa resposta.
    Mãe é mãe... seja ela de que jeito for, seja ela quem for, tenha o defeito que tiver.. é a pessoa que mais vai te amar nesse mundo.
    tenho uma amiga que sabe q a mãe já fez isso também por um período. O que ela sente? O que eu via nos olhos dela??? Orgulho... amor, carinho... Porque ela dizia que foi a forma que a mãe encontrou pra não ver os filhos na rua passando necessidade...
    Qualquer coisa que uma mãe faça... mesmo errando.. é sempre na intençãode acertar, sempre na intenção de proteger aquela pessoa que ela gerou ou que ela criou...
    pense nisso...
    O que ela foi no passado não muda o que ela é e será pra sempre... sua MÃE!Sinônimo de 'o maior amor do mundo'

  3. Flávia Mazzêo disse...
  4. "Há quem prostitua o sexo, há quem prostitua o caráter. Qual a diferença?

    Não pense muito nisso. Sua mãe foge diariamente do passado dela: não o traga à tona. Deixe-o lá, no seu lugar de direito. Ela FOI uma prostituta, mas hoje É sua mãe. É o que importa."

    Tenho acompanhado seu blog por algum tempo e gosto da clareza de suas palavras, geralmente muito sensatas e aparentemente com base. Se um indivíduo tomou a coragem de te escrever esse depoimento é por acreditar no seu caráter como ser humano, o que te torna muito mais responsável pelo o que vai expor aqui. Não são apenas caracteres e textos enviados sem sentido, são vidas pertubadas por um passado distante ou presente. Acredito que seja um aprenzidado constante a leitura dessas declarações e que tenha um grande esforço para poder orientar as pessoas que precisam de alguma ajuda.

    Parabéns pela iniciativa e principalmente pelo apoio as mulheres desamparadas e maltratadas. E claro, com um bom tom de ironia e sacanagem, que faz bem a todos, rs.

    Beijos,
    Flávia Mazzêo.

  5. Anônimo disse...
  6. adoro sua maneira de ver as coisas.
    E impresionante como as pessoaa complicam a vida.Antes de saber q a mãe era prostituta a vida num era normal? Continue agindo como antes isso num tem q mudar nada na relação de vcs,o q ela fez ou o q deixou de fazer eh problema dela.o q importa eh o amor de mãe q ela te deu e te da!Porq soh quem eh mãe sabe o q eh ter um filho...

  7. Lady Mayfair - Carol Caran disse...
  8. Resposta tocante e sensível, como sempre. Eu entendo a questão da leitora, mas acho que filhos deveriam tentar não ser tão afetados por questões de foro íntimo dos pais. Espero que depois de ler esse post, ela se sinta mais calma.

  9. Sarah Bruno disse...
  10. Para dar início a esse comentário, digo, ou melhor pergunto: o fato de sua mãe ter revelado isso vai mudar o seu amor por ela? Pois tenho certeza que o amor dela por vc continua o mesmo.Para ela, vc sempre será o filho (a) amado (a)...é um amor verdadeiro, eterno.
    Caso esteja curioso em saber o motivo que a levou a esse tipo de vida...seja mais do que filho (a), seja amigo (a), pergunte, não a recrimine, entenda o lado dela...Não a julgue NUNCA!
    Agora se for demais para vc saber, se pensa: pq logo a minha mãe? então fique na sua, ate o dia que vc ter uma cabeça amadurecida o suficiente para poder ouvir... Nesse caso eu gostaria de saber da minha mãe, se ela quisesse ou se ela se sentisse a vontade para me contar algum detalhe. Mas se ela optou só por dizer "fui prostituta" e só, creio que é pq ela não se sente preparada em aprofundar o assunto.
    Se vc acha que isso que aconteceu na vida dela foi um erro, não jogue a primeira pedra, nem Jesus condenou aquela prostituta da Biblia, pq vc faria isso com sua mãe?
    Mãe nao pode ser julagada, mãe não pode ser desrespeitada, mãe é entendida e muito amada. Só quem é mãe entende as atitudes das outras mães.
    Ame sua mãe não pelo que ela foi, e sim por tudo aquilo que ela fez e continua fazendo por vc, pois é a unica pessoa no mundo que te ama incondicionalmente, que quer sua eterna felicidade...

  11. Anônimo disse...
  12. Pôs em palavras, na resposta a essa garota, tudo o q eu esperei ouvir de alguns homens q passaram por minha vida. Fui GP... Quer dizer, ainda sou. Já q qndo a situação aperta corro pra esse lado. Acho q eu não me expressaria tão bem sobre o q sentimos, vivemos e passamos. Obrigada... Por mais q o texto não seja direto pra mim como pessoa, senti como se fosse para o q eu sou. Deveria existir mais "ogros" como vc... E eu iria querer um pra mim.

  13. Alexandre disse...
  14. "Há quem prostitua o sexo, há quem prostitua o caráter. Qual a diferença?"

    Discordo, tem uma grande diferenca.
    Uma prostituta pode prostituir o sexo mas nao o carater. No final das contas o maior prejudicado vai ser ela mesma.

    Os nosso politicos prostituem o carater. E so eles nao sao prejudicados.

    Melhor puta que politico.

  15. Anônimo disse...
  16. Filho da Puta, ahahahahahaha

  17. Anônimo disse...
  18. É por causa de comentários assim ;
    Penso de outra forma , acho que ser prostituta é bem mais facil , por que a pessoa nao vai procurar um trabalho digno? Ein !? Tem muitas pessoas aqui que sao hipócritas e nao falam a verdade , nao pensam o quanto tudo iso pode afetar a vida de um filho .
    Trabalho digno: ser gari catador

  19. Anônimo disse...
  20. bom eu to desconfiando que a minha mae e uma garota de proglama e agora eu nao sei como agi

  21. Anônimo disse...
  22. Se eu soubesse q minha mãe era prostituta eu nao ia olhar na cara dela nunca mais.Isso é um retrocesso,uma mulher dessas quer respeito,vai se fuder né.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...