"Acabei um namoro de quatro anos e comecei a namorar outro. E voltei com o primeiro. Agora namoro ambos"

Posted: | por Felipe Voigt | Marcadores: ,
Querido ogro, tenho dois namorados, o que eu faço?

No inicio desse ano acabei um namoro de quatro anos com um cara muito especial - vamos chamá-lo de Primeiro - e em março comecei a namorar outro rapaz - que vamos chamar de Segundo. Agora estou namorando os dois! Não sei o que eu faço e por enquanto vou empurrando com a barriga, sem resolver nada. Os dois são completamente diferentes, mas eu gosto de ambos.

O Segundo é mestrando, formado em engenharia na mesma universidade federal que eu entrei esse ano, mora sozinho e tem 26 anos. O Primeiro tem a minha idade, 23 anos, mora com os pais e fez curso técnico, ou seja, é mais operário, mas ainda assim está descobrindo o que realmente quer da vida. O Primeiro é um baita homem, dá gosto de ver, bonitão, forte, alto... enquanto o Segundo é magricelo até não poder mais e está ficando careca. Apesar disso, ele não é feio... só não é atraente!

Enquanto o Primeiro adora, assim com eu, experimentar coisas novas - lugares, comidas, posições – o Segundo gosta pouco de conhecer lugares e comidas diferentes. No sexo ele até gosta de variar... mas como ele é meio (total) nerd, não teve muitas experiências e não tem aquela pegada, mas se esforça, e já melhorou MUITO nesses meses.

Bom, o fato é que eu gosto mais do Primeiro por tudo que já vivemos juntos, acabamos ficando meio parecidos, tudo é muito mais legal com ele, porém parece que ele é muito influenciado por mim, em termos de objetivos, desenvolvimento pessoal e profissional e não me influencia muito. Enquanto isso, o Segundo não me parece tão divertido, nem tão "gostoso" e às vezes até meio irritante, mas me influencia positivamente e me faz ser um pouco mais racional, o que tem sido muito benéfico pra mim mesma.

O Segundo, que hoje é o namorado "oficial", não sabe do Primeiro, mas o Primeiro sabe do Segundo e diz que não vai tentar se afastar de mim por isso - desde que terminamos o namoro no inicio do ano, o máximo que ficamos sem nos falar foi umas 3 semanas - que vai deixar rolar, porque afinal eu sou uma influencia positiva pra ele.

Já o Segundo... coitado! Até já tentei terminar uma vez, estava dando todos os sinais e ele não percebia, começava a falar sobre o assunto e ele não entendia, até que falei diretamente e ele se sentiu completamente surpreendido! Ficou tão chocado que não entendeu direito a mensagem, não era isso que ele queria. Como eu não estava terminando porque eu achava que tinha que fazer isso, e sim porque o “certo” seria fazer isso, acabei voltando.

Eu que sempre namorei certinho fui me enrolar desse jeito. E agora? Fico com quem? Faço o que? Sigo o coração e fico com o namorado velho pra talvez nem funcionar? Ou uso a cabeça e fico com o namorado novo treinando a paciência?

Minha cara Dona Flor (lugar-comum demais te chamar assim, mas foi inevitável),

Em resumo: vivia uma relação estagnada, sem grandes perspectivas de crescimento, presa apenas ao tempo de convívio e ao fator sexual. Entrou na faculdade, conheceu alguém que a fez questionar alguns conceitos, que a fez pensar, que te cativou através do cérebro sem precisar passar pela buceta. O tesão que sente nele está em cima e não embaixo, enquanto o tesão no outro faz caminho inverso.

Largou o Primeiro por estar cansada de ser "mãe" dele. Começou a namorar o Segundo por ver que teria alguém seguro e decidido ao lado, te puxando pra frente, enquanto o Primeiro te deixava presa lá atrás. Mas sentiu falta da pegada do Primeiro, coisa que o Segundo não pode te dar. Um te dá o que o outro deixa faltar. O Segundo lhe soa mais mais desafiador, mais misterioso. O primeiro é mais certo, mais conhecido. Um compensa o outro. Pra você, seria ótimo ter ambos em um só. Nas isso só acontece em filme.

Isso é muito comum em universidades. Alguém entrar namorando, conhecer outra pessoa e administrar ambos por um período. Eu fiz isso por um ano quando estudei jornalismo. E outros casais da minha turma também. É um choque de realidades diferentes acontecendo em curto espaço de tempo. Entramos na faculdade querendo que um mundo novo se abra diante de nós. E ele se abre. Mas com ele, vem a renúncia ao mundo antigo. O processo é conflitante e angustiante. Levei dois anos pra assimilar isso.

Esse nó na garganta nada mais é que o conflito entre a razão e a emoção: o cérebro desce pra dar um pau no coração; o coração sobe pra tirar satisfações com o cérebro. Ambos se encontram no meio e o nó está feito!

O que deve fazer? Você está com os dois lados de uma mesma moeda. Mantenha os dois mais um tempo. Um dos lados vai desgastar e te mostrar pra onde ir. Se fica com o cara, se fica com o coroa... ou se troca de moeda.

6 comentários:

  1. Anônimo disse...
  2. É qse a história da minha vida a dessa menina... a diferença é que não traio com quem estou atualmente. E sinceramente, penso sério num futuro em que não vou ficar com nenhum dos dois!

  3. Isabel disse...
  4. Isso é absolutamente normal quando a gente entra na faculdade... fique com os dois até vc se decidir... mas na minha opinião, se optar por ficar com o primeiro, ele como sendo seu "namorado oficial" não vai confiar mais em vc, e sua vida vai se tornar um inferno.

    Vc vai encontrar muuito cara ainda na faculdade, relaxa pq esse caso não sera nem o primeiro e nem o ultimo... enquanto isso fique com o primeiro até o tesão acabar, pq acredite, acaba.

    E só tome cuidado para o segundo não descobrir do primeiro... A gente tem que acreditar na mentira que a gente conta senão um dia somos descobertas kkkkkkkkkkkkk.
    Boa sorte pra vc.

  5. Paula Lopes disse...
  6. Meu conselho é: escolhe um e passa o outro pra galera porque tá faltando homem!

  7. Patricia disse...
  8. Adoreii!!!
    Todo mundo tão compreensivo...

    É bom saber que mais gente já passou por situação como essa!

    Adorei o pessoal que comenta aqui..

    beijões

  9. carol disse...
  10. Concordo com a Isabel e com a Paula...
    que situaçãozinha hein???
    O Primeiro pode mesmo não confiar mais em vc, já que ficava com ele enquanto estava com o segundo e pode mesmo achar q vc vai fazer isso com ele e bla bla bla..
    Mas essa situação não dura pra sempre... um dos dois vai perder o encanto mais cedo ou mais tarde... ou quem sabe ... você não conheça um terceiro que coloque esses dois no bolso???
    A vida é cheia de surpresas...

  11. Anônimo disse...
  12. De um jeitinho, como toda mulher sabe dar, de contar para os dois a verdade e dizer que vc gosta de fazer sexo com ambos. Confesse à eles que agora o seu maior desejo é ficar com os dois ao mesmo tempo e fazer sexo a três.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...